sexta-feira, 23 de junho de 2017

RECOMENDAÇÃO DA SEMANA

Três anos depois de despontar como uma força a ser reconhecida no universo dos bons sons, o Tyketto dava sequência a sua carreira com "Strength In Numbers", álbum que trouxe o novo baixista Jaimie Scott, que assumiu a posição deixada por Jimi Kennedy. Com a sonoridade levemente mais acústica, mas mantendo a mesma pegada que os tornou famosos, o Tyketto enveredou por um caminho que segue até hoje, o que provou a escolha acertada tomada há mais de 20 anos.

A linda "The End Of The Summer Days" é um mid-pacer com base acústica, mas que revela guitarras pesadas nas b-sections e refrão. Com melodia envolvente e uma interpretação caprichada de Mr. Vaughn, essa é uma das mais marcantes canções do Tyketto e figura com brilho dentro das discografia da banda. Uma daquelas canções que merece múltiplas audições e volume máximo sempre que possível.

"Wait Forever" é um rocker arrasador, com guitarras na linha de frente e apoiadas por um baixo intermitente e bateria bem marcada. O arranjo é bastante simples, mas os vocais poderosos de Mr. Vaughn fazem toda a diferença. Pessoalmente, vejo essa canção com a mesma qualidade do material que integra o tracklist do clássico "Don't Come Easy" e, assim sendo, recomendo múltiplas audições e aquela já tradicional recomendada ausência de moderação. Vale lembrar que "Wait Forever" era canção exclusiva desse single até o lançamento da coletânea "Take Out & Served Up Live", em 1996.

Tyketto, circa 1994: Scott, Arbeeny, Vaughn e St. James
Finalmente, temos a excelente "Burning Down Inside" em uma gloriosa versão ao vivo. Basicamente, a canção não sofreu grandes mudanças, mas é fato que há o fator grandiosidade em cena, especialmente pela interpretação de Mr. Vaughn. Ainda, vale destacar a integração da banda, absolutamente perfeita na execução de uma de suas melhores canções.

Em resumo, caríssimas e caríssimos, esse single serve - hoje em dia - muito mais como documento do que qualquer outra coisa. Mas confesso que a versão ao vivo de "Burning Down Inside" contida nesse single é a que eu mais curto. Seja como for, "The End Of The Summer Days" é um belo single, com algumas das melhores canções que o Tyketto já compôs e que sobreviveram bravamente ao implacável teste do tempo. Material mais que recomendado...

TYKETTO - The End Of The Summer Days CDS
Released in 1994 via Music For Nations
Cat. #CDKUT 159

Tracklist
01 The Of Summer Days
02 Wait Forever
03 Burning Down Inside (Live)

Lineup
Danny Vaughn: vocals, acoustic guitars, mandolin, percussion
Brooke St. James: guitars, percussion, backing vocals
Jaimie Scott: bass, percussion, backing vocals
Michael Clayton Arbeeny: drums, backing vocals, percussion

quinta-feira, 22 de junho de 2017

MICHAEL ANTHONY EXPLICA PORQUE ESTE É O MOMENTO PARA A TOUR DO VAN HALEN

Michael Anthony concorda com a ideia de uma tour
do Van Halen com Sammy Hagar e David Lee Roth
Em recente entrevista concedida ao  The News-Herald, o baixista Michael Anthony foi questionado sobre o que pensa de uma possível tour do Van Halen com David Lee Roth e Sammy Hagar.

"Bem, sou a favor porque você vê todas essas outras bandas fazendo isso hoje em dia. E também por causa dos fãs do Van Halen. Seria uma maneira de encerrar as coisas. Não tenho certeza. Todos da banda estão relativamente bem de saúde e vivos. Isso já é uma vantagem. E Sammy já tocou nesse assunto várias vezes em suas entrevistas. Ele está aberto a fazer uma tour com Dave", disse Anthony.

O entrevistador lembrou, então, que Anthony e Hagar e Roth já fizeram uma tour juntos há mais de uma década, ao que o baixista respondeu: "É, aquela tour começou harmoniosamente, mas não acabou do mesmo jeito. Mas, pessoalmente, superei todo aquele drama que foi gerado. Eu quero sair e tocar e me divertir, Quero ir prá cova tendo sido um cara feliz".

Em outra entrevista, concedida a Trunk Nation, Anthony explicou como seriam esses shows: "So nós tocássemos por uma hora com um vocalista e depois mais uma hora com outro, você nunca sabe... algumas pessoas talvez não fossem na primeira metade do show, enquanto outras poderiam ir embora no começo da segunda. Mas se misturarmos os vocalistas ao longo do show, todos teriam que ficar para ouvir tudo. E pode acreditar, se essa coisa se concretizar, eu garanto que ninguém sairá desapontado como coisa alguma, com nenhum dos vocalistas".

Anthony ainda disse que uma possível tour com o lineup clássico do Van Halen e Sammy Hagar só pode acontecer se "todos estiverem igualmente animados para fazê-la. Porque você não quer que isso pareça trabalho e nem que as pessoas digam que estamos fazendo isso por dinheiro. Eu realmente quero cair na estrada e dar às pessoas o que elas querem, e essa tour teria que ser assim"

Só nos resta torcer...

quarta-feira, 21 de junho de 2017

DA VINCI ESTÁ DE VOLTA

Arte xexelenta do novo álbum da Da Vinci
No final da década de 80 - em 1987, mais precisamente - os noruegueses da Da Vinci despontaram no universo dos bons sons com seu álbum homônimo. Mais um trabalho foi lançado dois anos depois e a banda entrou em um looongo hiato.

Nesse meio tempo, o baterista Jarle Måløy se mudou para o norte do país. Já o baixista Bjørn Boge criou a banda Street Legal (junto com Bjørn Olav Lauvdal), enquanto o tecladista Dag Selboskar tocou em várias bandas e projetos. O guitarrista Gunnar Westlie formou sua própria banda, chamada Tjugodsande o vocalista Lars Aass trabalhava para a Waterfall Productions, como compositor. Mas em 2004, Selboskar e Westlie começaram a compor material focado no AOR e acabaram criando a Eidsivating com o baterista Geir Digernes, da Son Of Angels. Essa confusão toda e uma série de formações acabou resultando na nova incarnação da Da Vinci.

Assim sendo, a banda anuncia o lançamento de "Ambition Rocks" para o dia 25 de Agosto, via  AOR Heaven. Este será o primeiro trabalho de material inédito da banda desde 1989.

O atual lineup da banda conta com o vocalista Erling Ellingsen e com o guitarrista Gunnar Westlie, além do tecladista Dag Seboskar, do baixista Roy Funner e do baterista Bjørn Olav Lauvdal.

Vamos aguardar...

terça-feira, 20 de junho de 2017

BREAKING NEWS

* O veterano Brian Howe começa a preparar seu retorno ao cenário com "Hot Tin Roof", a primeira canção daquele que será seu último álbum. Confira o lyric video aqui;

* Os Riverdogs também tem vídeo promocional novo para a canção "American Dream". Bem no estilo Frontiers, o vídeo foi gravado no meio do mato e você pode assisti-lo aqui;

* E o Mr. Big aproveita a deixa e mostra mais uma canção de seu próximo álbum. Dessa vez é "Mean To Me" que pode ser curtida clicando aqui.

sexta-feira, 16 de junho de 2017

RECOMENDAÇÃO DA SEMANA

Bob Halligan é nome conhecido no universo dos bons sons, tendo escrito material para gente do calibre de Kiss, Helix, Judas Priest, Cher, Michael Bolton, Kix, Rik Emmet, Bonfire, Night Ranger e muitos outros. No início da década de 90, Halligan se lançou como artista com "Window In The Wall", álbum absolutamente voltado ao mercado AOR e que conta com canções espetaculares. O tracklist distribui, de maneira quase igualitária, rockers e mid-pacers e baladas, o que ainda hoje é bastante incomum. Ainda assim, a qualidade transborda e o time de músicos de primeira linha só faz aumentar o brilho daquilo que já era excelente.

O álbum traz rockers excelentes e começo apontando os ótimos "Window In The Wall", "Midnite Mirage" e "Standing On The Edge Of Goodbye", todos com inegável apelo radio friendly, detentores de melodias envolventes e destaques do álbum, sem dúvida alguma.

Há vários mid-pacers arrasadores aqui, como o excelente "Could've Been You" (também gravado pela Cher em uma versão mais pomposa e excelente), a poderosa "Who's Lovin' You Now", a linda "Hard Rain" e a ótima "The Way It's S'pozed To Be". Uma vez mais, a aura radio friendly está presente em arranjos que opõe o peso de guitarras e baixos com a delicadeza de texturas de teclados precisamente distribuídos.

Bob Halligan, circa 1991
Finalmente, "Now That It's Not Over", "Still Feels Like Love" e "I Will Remember You" se apresentam como as baladas do álbum, cujos arranjos são um desfile de bom gosto, classe e aquele requinte que, cada vez menos se faz presente. 

Em resumo, caríssimas e caríssimos, esse primeiro álbum de Bob Halligan é um fiel retrato da sonoridade que dominava as rádios norte-americanas no início da década de 90. Não apenas Halligan é um exímio compositor, produtor e arranjador, o cidadão se sai muito bem enquanto intérprete. 

Ele ainda lançou um segundo trabalho em 1994, mas com uma proposta absolutamente diversa do que pode-se ouvir aqui. E isso é uma pena, já que suas composições parecem transpirar AOR, mesmo quando gravadas em outros estilos. Assim sendo, se você ainda não é familiarizado com os excelentes sons de Bob Halligan, uma bela surpresa lhe aguarda em "Window In The Wall". Pode acreditar, vale muito a pena...

BOB HALLIGAN - Window In The Wall
Released in 1991 via ATCO
Cat. #7 91678-2

Tracklist
01 Could've Been You
02 Now That It's Not Over
03 Still Feels Like Love
04 I Will Remember You
05 Who's Lovin' You Now
06 Window In The Wall
07 Midnite Mirage
08 The Way It's S'pozed To Be
09 Hard Rain
10 Standing On The Edge Of Goodbye

Musicians
Bob Halligan: vocals, keyboards, guitars, keyboard bass, backing vocals
Pat Mastelotto: drums, percussion
Rick Cua: bass
Will Lee: bass
Seth Glassman: bass
Ira Siegel: guitars
Eddie Martinez: guitars
Michael Ciro: guitars
Rob Friedman: guitars
Arnie Roman: keyboards, drum programming
Graham Shaw: keyboard bass, drum programming, backing vocals
Geral O'Brien: keyboards, keyboad bass, drum programming
Doug Hall: keyboards, sampling
Philip Ashley: keyboards
Peter Wood: keyboards
Phil Galdston: drum programming
Sammy Merendino: drum programming
Michael Clarke: drums,snare drum, tom toms
Andre Betts: programming
Victor Friedberg: sampling
Emedin Rivera: percussion
Jeb Guthrie: backing vocals
Linny Halligan: backing vocals
Julie Eigenberg: backing vocals
Kyle Gordon: radio voice
Suzanne Lorge: radio voice

quinta-feira, 15 de junho de 2017

OS DETALHES DE "DEFYING GRAVITY", O NOVO ÁLBUM DO MR. BIG

Arte do novo álbum do Mr. Big
Você já sabe que o novo trabalho do Mr. Big chega às lojas ainda em 2017, mas o que você talvez ainda não saiba é que houve mudança na data de lançamento.

As edições CD/DVD e LP estarão disponíveis a partir de 21 de Julho, enquanto a Deluxe Collector's Edition Box Set só será entregue a partir de 18 de Agosto.

A ta;l edição de colecionador inclui, além do CD/DVD, um pôster, uma litografia numerada, camiseta (em tamanho grande)e um adesivo. Esse box set terá edição limitada de 500 unidades.

O conteúdo do DVD traz os vídeos promocionais para "Defying Gravitiy" e "Everybody Needs A Little Trouble", além do já previsível 'making of' de ambos os vídeos e comentários sobre cada faixa do álbum, em um total de pouco mais de 1 hora de duração

Já o tracklist do álbum contém as seguintes canções:

01 Open Your Eys
02 Defying Gravity
03 Everybody Needs A Little Trouble
04 Damn I'm In Love Again
05 Mean To Me
06 Nothing Bad (About Feeling Good)
07 Forever And Back
08 She's All Coming Back To Me Now
09 1992
10 Nothing At All
11 Be Kind

Vamos aguardar...

quarta-feira, 14 de junho de 2017

TOTO ANUNCIA TOUR 2018 E COLETÂNEA ATRATIVA PARA ACOMPANHAR

Toto não pára de anunciar novidades
Você já sabe que 2018 trará grandes e belas novidades sobre o Toto - conforme já noticiado aqui - mas ainda faltava o anúncio oficial sobre a aguardada tour comemorativa das quatro décadas de atividade da banda.

Pois bem, o anúncio foi feito e já agita os fãs do Toto mundo afora.

Com o nome "The 40 Trips Around Th Sun Tour", a série de shows do Toto em 2018 começará em Fevereiro e será a mais extensa tour da banda em anos. De caráter mundial. a tour celebrará a longeva e distinta carreira de uma verdadeira instituição musical.

A primeira série de shows confirmados é a seguinte:

2/19 Hamburgo, DE - Mehr! Theater
2/21 Düsseldorf, DE - Mitsubishi-Electric Hall
2/22 Munique, DE - Olympiahalle
2/24 Berlin, DE - C-Halle
2/25 Leipzig, DE - Haus Auensee
2/28 Krakovia, PL Tauron Arena
3/2 Viena, AT - Gasometer
3/10 Milão, IT - Mediolanum Forum
3/13 Stuttgart, DE - Porsche Arena
3/15 Lille, FR - Zenith
3/17 Amsterdam, NL - Ziggo Dome
3/18 Bruxelas, BE - Forest National
3/20 Offenbach, DE - Stadthalle
3/23 Bologna, IT - Unipol Arena
3/25 Marseille, FR - Dome
3/26 Toulouse, FR - Zenith
3/27 Lyon, FR -Halle Tony Garnier
3/30 Paris, FR - La Seine Musicale
4/1 Londres, UK - Royal Albert Hall
4/2 Manchester, UK - Bridgewater Hall
4/4 Dublin, IE - Vicar Street
4/7 Belfast, UK - Waterfront Auditorium
4/8 Glasgow, UK - SEC Armadillo

Além disso, o Toto - em conjunto com a Legacy Recordings - criou uma nova coletânea chamada "40 Trips Around The Sun", mas o tracklist trará, além dos hits, muito material inédito, tudo devidamente remasterizado.

Que época prá ser fã do Toto!!!

segunda-feira, 12 de junho de 2017

BREAKING NEWS

* O novo álbum do H.E.A.T. começará a ser masterizado nesta semana;

* Clicando aqui você pode ouvir "Freak Flag", a primeira canção do Quiet Riot com James Durbin nos vocais;

* Mr. Big apresentou, ao vivo,  as duas canções já reveladas do aguardado "Defying Gravity", que chegará às lojas no dia 07 próximo. Assista a apresentação aqui.

sexta-feira, 9 de junho de 2017

ROBIN BECK TRAZ BOAS NOVIDADES

Novo álbum de Robin Beck ganhará
lançamento ainda em 2017
A grande Robin Beck fez uma postagem no Facebook onde atualiza os fãs sobre seu novo álbum, e as notícias não poderiam ser melhores.

A mensagem diz: "Ok, meu amigos... aqui está a novidade!

"Love Is Coming"... o minha hora da verdade.
O novo álbum está pronto!!!

Um novo CD com 12 faixas, lindo livreto com 12 páginas criado por Richard Jones.

Álbum escrito e produzido pelo premiado compositor e produtor Clif Magness juntamente com o co-produtor James Christian.

Há uma canção-tributo dedicada a meu querido amigo Jeff Kent, produzida por Tommy Denander e James Christian.

Você não vai se acomodar com esse CD... Eu NUNCA estive tão animada antes!!!
Cada canção, cada momento, cada melodia, um clássico em cada groove.
Morri e fui ao céu com esse álbum.
Mal posso esperar pela data de lançamento.

Por favor, visitem meu site oficial para pré-venda e  detalhes."

Vamos aguardar os detalhes que devem ser revelados em breve.

Stay tuned...

RECOMENDAÇÃO DA SEMANA

O norte-americano Mark Spiro dispensa apresentações no universo dos bons sons, sendo autor ou co-autor de inúmeras canções mais que conhecidas e consagradas. Mas em 2005, ele lançou "Mighty Blue Ocean", álbum que trazia canções mais introspectivas, mas ainda melódicas. 

A diferença entre aquele álbum e seus trabalhos mais conhecidos é abissal, mas é inegável a qualidade das canções contidas no tracklist. E essa diferença surgiu da batalha que Spiro travou contra um câncer. A nova ótica da vida e o tempo que passou com a família resultaram em um belíssimo álbum...

Há uma linha AC Rock que flerta com o pop acústico ao longo do álbum e isso se mostra de maneira velada em "Band Of Angels" (com seu arranjo envolvente) e nas radio friendly "Monster" e "Bits And Pieces", todos rockers excelentes e que merecem sua total atenção.

O álbum traz uma boa série de mid-pacers caprichados, como se percebe em "Mighty Blue Ocean", nas excelentes "When She Cries" e "Envy Shade Of Green" (esta com um arranjo levemente mais alegra que as anteriores) e na linda "The Life That I Live".

Baladas? Tem, sim senhor!!! Ouça com atenção as espetaculares "The Beautiful One" e "Perfect Wave" e tente não viajar com as texturas delicadas, perfeitamente combinadas em ambas as canções.

O legendário Mark Spiro, circa 2005
Em resumo, caríssimas e caríssimos, "Mighty Blue Ocean" é o tipo de álbum que só faz melhorar com o tempo. Confesso que foi um trabalho que passei a apreciar mais ao longo dos anos... deve ser a tal maturidade muscal. Ou só bom senso mesmo. Ainda, vale lembra que neste álbum Spiro assumiu todos os instrumentos, e o resultado foi surpreendente.

Seja como for, a sonoridade contida nesse álbum segue quase a mesma linha do igualmente "King Of The Crows" (recentemente resenhado aqui), mas com mais ênfase no aspecto acústico. É interessante ouvir essa abordagem no álbum todo e, ainda assim, ser possível imaginar cada canção com aquela aura AOR que tornou Mark Spiro uma referência dentro do estilo.

Se você já é familiarizado com a digna obra de Mark Spiro, o excelente "Mighty Blue Ocean" marcou o início de uma nova fase, onde o aspecto melódico continuou sendo elementos primordial, mas envolto em uma roupagem até inusitada. Ainda assim, o quesito qualidade permaneceu intacto e o resultado final é prova incontestável disso. E é por tudo isso que "Mighty Blue Ocean" é um álbum imprescindível em sua coleção...

MARK SPIRO - Mighty Blue Ocean
Released in 2005 via Atenzia Records
Cat. #ATZ 02038

Tracklist
01 Mighty Blue Ocean
02 Band Of Angels
03 Monster
04 When She Cries
05 Envy Shade Of Green
06 The Beautiful One
07 Bits And Pieces
08 Being In Your World
09 Perfect Wave
10 My Velocity
11 The Life That I Live

Musicians
Mark Spiro: vocals, all instruments
J.D. Manuss: steel guitar on "Perfect Wave"

quinta-feira, 8 de junho de 2017

BREAKING NEWS

* O projeto All 4 1 acaba de lançar sua primeira canção, chamada "Cyanide". Clique aqui e ouça a performance muito bacana do senhor Terry Brock;

* Outro vídeo que apareceu hoje é o do tal That Rock Guy. O promo traz vários trechos de algumas canções que compõe seu álbum, que chegará às lojas no dia 30 próximo, mas há uma locução imbecil ao longo do vídeo que o torna assustadoramente irritante. Clique aqui e assista por sua conta e risco;

* Os veteranos do Deep Purple também trazem vídeo novo. Dessa vez, a canção escolhida foi "Johnny's Band" e você pode assistir o resultado final clicando aqui;

* Finalmente, o pessoal do The Nights apresenta o vídeo para "Juliette",  que traz aquela já conhecida e previsível produção e sonoridade estilo Frontiers. Confira aqui.

RECOMENDAÇÃO DA SEMANA

Três anos depois de despontar como uma força a ser reconhecida no universo dos bons sons, o Tyketto dava sequência a sua carreira com &q...