sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

RECOMENDAÇÃO DA SEMANA

A Grécia é um país belíssimo, repleto de belas praias, belas mulheres e com uma história riquíssima. Não bastasse tudo isso, a terra do minotauro agora firma definitivamente seu nome também no universo dos bons sons graças a "Dangerous", o segundo álbum da Wild Rose. A banda já havia chamado a atenção dos amantes do AOR em 2007, com o lançamento do single "It's All About Love". Mais tarde, no final de 2011, a banda lançou "Half Past Midnight" (leia matéria aqui), um excelente trabalho que abriu as portas para os gregos. Desde então, a banda passou por uma troca de vocalista (conforme publicado aqui) e viu o mesmo cidadão retornar para seu posto (conforme noticiado aqui). Entretanto, o posto de frontman da banda é do veterano David A. Saylor, que conferiu ainda mais qualidade às canções da Wild Rose. Mantendo o approach absolutamente 80's, a sonoridade desse álbum segue a linha do primeiro, mas com mais pegada e qualidade renovadas. 

O álbum abre com "Alone", rocker caprichado onde guitarras e teclados disputam sua atenção, embaladas por uma base sólida de baixo e bateria, tudo emoldurado pelo ótimos vocais de David Saylor. Uma excelente escolha para abrir o álbum, que segue com "Hold On", outro rocker de primeira linha e que conta com um refrão arrepiante, além de ter andamento certeiro e melodia envolvente, absolutamente radio friendly sob todos os aspectos, e um dos grandes destaques desse trabalho, e que merece janelas abertas e volume máximo sempre que possível. Seguimos com "Can't Stop Lovin' You", um arrasador radio frienly AOR repleto de guitarras e teclados, envolvidos na base onipresente de baixo e que tem um refrão maravilhoso. Contando com os excelentes vocais de David Saylor, essa canção ganha mais volume e desponta facilmente como outro grande destaque do álbum, que deve ser ouvido com janelas abertas, volume máximo e pulando na cama, assim como "If You Still Love Me", um demolidor mid-pacer construído sob uma base de baixo em primeiro plano, sendo pontuada por teclados ocasionais e amarrada por guitarras discretas, tudo culminando em um refrão absolutamente envolvente. Aponto essa canção, facilmente, como outro grande destaque desse álbum.

Wild Rose: Gunn, Junior, Rock, Haris e Karpø
Em seguida temos "Dream On", outro radio friendly AOR capaz de fazer Neymar parar de inventar penteados ridículos. Fica difícil apontar elementos que despontem em um conjunto tão bem amarrado, seja melodicamente, seja musicalmente. A métrica é perfeita, o andamento suave e o refrão é de arrepiar!!! Mais um grande destaque do álbum, sem a menor sombra de dúvida. Em seguida chega "Awake", linda balada cujo arranjo privilegia os excelentes vocais de Mr. Saylor. A música é belíssima, com andamento tradicional e refrão marcante. Eis aqui mais um grande destaque do álbum, assim como "Tonight", outro mid-pacer com alta qualidade, onde os teclados assumem a frente, dividindo espaços bem calculados com guitarras e baixo. O andamento é bastante simples, e o arranjo é simplesmente perfeito. Retomando o caminho rocker temos "I Won't Forget You", onde os teclados - mais uma vez - assumem a linha de frente, sendo acompanhados sempre por guitarras precisas, dentro de um conjunto melódico bem construído e que conduz à um refrão explosivo, mas sem soar agressivo. A interpretação de Mr. Saylor só confere mais brilho ao material que já era excelente por si só, contando, inclusive, com saxofones! Outra belíssima canção que merece destaque...

O veterano vocalista David A. Saylor
Já na reta final temos "Is This Love", um excelente radio friendly AOR que conta com teclados perfeitamente distribuídos em uma base construída por um baixo pesado, tendo um arranjo simples, mas muito eficiente, e um refrão bem bacana, assim como a ótima "Not A Day Goes By", rocker absolutamente radio friendly onde as guitarras assumem a ponta, o que confere mais peso à canção que já conta com um refrão explosivo e uma perfeita interpretação de Mr. Saylor. Belíssima canção para encerrar o álbum.

Em resumo, caríssimas e caríssimos, fica mais que evidente a evolução da Wild Rose como banda, sob qualquer aspecto. Eu tenho esse material em mãos desde o final de 2012, quando Chris Siloma (manager da banda) havia me enviado, porém, eu não podia escrever a respeito antes desse mês, quando o álbum chegará às lojas.  Durante esse período, ouvi o álbum muitas vezes e fica claro que, não apenas as canções estão mais bem amarradas, mas os arranjos estão mais elaborados, a banda soa mais coesa e, além de tudo, é inegável a qualidade que David Saylor trouxe às canções da banda. Se você ouviu "Half Past Midnight" e curtiu, tenha certeza de que "Dangerous" vai lhe surpreender de uma maneira ainda mais impactante. Esse é um excelente álbum e que merece um lugar em sua coleção. Material mais que recomendado, é obrigatório!!!

WILD ROSE - Dangerous
To be released on February 22nd, via AOR Heaven
Cat. # AORH00078

Tracklist
01 Alone
02 Hold On
03 I Can't Stop Loving You
04 If You Still Love Me
05 Dream On
06 Awake
07 Tonight
08 I Won't Forget You
09 Is This Love
10 Not A Day Goes By

Lineup
David A. Saylor: vocals
Andy Rock: guitars, keyboards, backing vocals
Diry Harris: keyboards, vocals
Tiny Karpø: guitars
Phil Gun: bass
Vaggelis Junior: drums

Guest Musicians
Chris Siloma: backing vocals on "Alone", "Hold On", "If You Still Love Me", "Dream On", "Awake", "Tonight", "Is This Love" e "Not A Day Goes By" 
Tatiana Economou – backing vocals on "I Won't Forget You"
John & Francois Malan: alto & tenor saxophones on "I Won't Forget You"

Um comentário:

adriana disse...

With David Saylor on lead vocals and after listening to 2min snippets, this is definitely going to be purchase. Its good to see these artists bringing back the cool 80s sounds and the description given makes it highly recommendable

Thanks Juliano

Postar um comentário

RECOMENDAÇÃO DA SEMANA

No final da década de 90, a hoje toda poderosa Frontiers Records ainda estava nas fraldas e um de seus primeiros lançamentos - o décimo...